Produção Afinsophia.

A Associação Filosofia Itinerante (Afin) criou outro jingle para compor com a campanha de Lula-Haddad-Manuela. Trata-se da Potência da Multidão 13. O que não é número, mas numerante, o que se movimenta como novo, como dizem os filósofos Deleuze e Guattari. 

A Potência da Multidão é o Devir-Povo. O que não está codificado pela semiótica-paranoica dominante. Não há como codificá-la, porque ela escapa sempre como acontecimento: o novo da práxis-poiesis. Como não pode ser codificada, enlouquece os tiranos que querem aprisionar tudo, mas não podem aprisionar a alegria, a festa ontológica do Existir em liberdade como modus de ser Ético. 

Em função deste movimento contínuo, aqui, a Potência da Multidão emerge como 13. Entretanto, não se reduz à este numeral. Ele é apenas um signo-indicador no mapa político-social.

Letra:

Eu moro numa casa com 13

O meu vizinho também mora com 13

O vizinho do meu vizinho também mora com 13

Na rua onde moramos toda casa tem 13.

Tem 13 para amar

Tem 13 pra lutar

Fazer nosso Brasil se redemocratizar.

Meu Deus, é tanto 13

Numa festa Lula lá

Que vai levar Haddad e Manu

Também pra lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *