Da Redação

O ex-presidente Lula deu depoimento hoje, por videoconferência, em processo da Lava Jato relativo ao ex-governador Sérgio Cabral, no Rio de Janeiro.

De terno e gravata, o ex-presidente foi ouvido em caso presidido pelo juiz Marcelo Bretas que tratou da influência de Cabral para tornar o Rio uma das sedes da Copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016.

Lula depôs de dentro da sede da Polícia Federal, em Curitiba, onde cumpre pena de 12 anos e 1 mês de prisão. Vestia terno e gravata, parecia mais magro e bem disposto.

Ao final do depoimento, Bretas agradeceu Lula e revelou que vestiu boné e camiseta do PT em campanha do ex-presidente, aparentemente em 1989, na avenida presidente Vargas.

Lula não perdeu a viagem e disse que Bretas “poderia voltar agora”, provocando gargalhadas em pessoas presentes na audiência.

O ex-presidente afirmou que convidará Bretas para seu próximo comício na campanha de 2018.

Vale a pena ver a íntegra.