DILMA LANÇA O PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TECNOLÓGICO E EMPREGO

dilma

Com o propósito de oferecer 8 milhões de vagas, até 2014, que serão oferecidas por instituições públicas e privadas do Sistema S (Sesi, Senai, Sesc, Senac) em cursos presenciais e a distância, na educação profissional para estudantes do ensino médio e trabalhadores que precisam de qualificação, a presidenta Dilma Vana Rousseff lançou o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Tecnológico e Emprego (Pronatec).

O Pronatec tem como objetivo a ampliação das redes federal e estaduais da educação profissional, com pagamento de bolsas formação para trabalhadores e estudantes, mais aumento das vagas gratuitas em cursos do Sistema S, e extensão do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

O programa é uma ampliação da promessa de campanha da presidenta Dilma, que, na época, precisa a melhoria do ensino médio, ampliando a formação do aluno, em cursos profissionalizantes integrados ao ensino regular, mas ela resolveu estender para os trabalhadores que buscam a qualificação profissional, que serão orientados sobre o tipo de curso e a área em que podem se capacitar. Todos os trabalhadores reincidentes deverão receber seguro-desemprego, mas isso só ocorrerá se sua frequência confirmar sua presença nas aulas.

Quanto aos estudantes do ensino médio que queiram associar a escola com cursos profissionalizantes, e não consigam uma vaga em instituição pública, receberão bolsa formação, cujo valor vai variar de acordo com o curso escolhido no conjunto das bolsa que serão oferecidas em um total de 3,5 milhões até 2014.

Outro aspecto importante do programa é sua ação sobre o Bolsa Família. O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) vai selecionar os beneficiários que queiram participar de alguns cursos de formação de diferentes níveis, de acordo com o que o município pode ofertar. Os cursos podem ser de alfabetização de idosos ou aperfeiçoamento profissional.

De acordo com a presidenta Dilma, as 8 milhões de vagas só serão possíveis com o aumento de escolas, por isso ela vai criar mais 120 escolas de educação profissional e tecnológica. Dessa forma, ela dar mais um passo no programa que foi construído pelo ex-presidente Lula: não ter nenhum jovem fora da escola e sem uma formação profissional.

1 thought on “DILMA LANÇA O PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TECNOLÓGICO E EMPREGO

  1. Com isto, certamente, os brasileiros terão ampliadas as possibilidades de crescimento cultural e laborial, como nunca houve antes. Bola pra frente, DILMA ROUSSEFF!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *