POLÍCIA FEDERAL EXECUTA OPERAÇÃO NO AMAZONAS CONTRA EMPRESAS ENVOLVIDAS EM FRAUDES EM LICITAÇÕES, FALSIDADE IDEOLÓGICA E CONTRA A ORDEM TRIBUTÁRIA

Operação Sol Dourado, da Polícia Federal, deve executar seis mandados de busca e apreensão em residências e escritórios localizados no Amazonas e em Brasília cujos proprietários são suspeitos de prática de crimes de falsidade ideológica, fraudes em licitações e crime contra a ordem tributária.

No caso do Amazonas, a Polícia Federal cumprirá os mandados de buscas e apreensões em uma empresa de publicidade de Manaus, em que há indicação de que ela participa, junto com funcionários públicos do Amazonas, em licitações com valores maiores que o oferecido pelo custo real.

Para despistar a fraude, ocultar os valores superfaturados, a empresa de publicidade estaria fazendo uso de notas fiscais de outra empresa também de publicidade, que tem como sede uma residência sem qualquer funcionário.

A Polícia Federal vai realizar a operação nas residências e escritórios do sócio verdadeiro localizadas em Manaus e Brasília. Sócio verdadeiro responsável pela comercialização das notas fiscais. Além das buscas em uma fundação pública do estado do Amazonas e na sede da empresa suspeita de enriquecimento com as licitações.

Essa operação da Polícia Federal mostra mais uma vez o Amazonas contribuindo com o cenário público noticioso do mundo das trapaças, brutalidade e irracionalidade social. Entre tantas contribuições, já teve o prefeito cassado de Manaus Amazonino Mendes mandando uma senhora morrer para em seguida descriminá-la, e mais sete policiais militares torturando um adolescente de 14 anos para depois baleá-lo à queima-roupa. Fatos novíssimos que realizaram com sucesso seu périplo noticioso mundo cão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *