PREVISÕES DO PROFETA ZOROASTRO PARA 2011

Zaratustra

Sentindo que era chegada a hora de sua transubstanciação espiritual, o profeta Zoroastro se afastou da cidade em direção às montanhas. Então, envolvido pela fluência de Aura-Mazda, sentou entre a fronteira de Ormuz, o bem, a clareza e o conhecimento, e Ahrima, o mal, a escuridão e a ignorância, e meditou sobre o futuro dos brasileiros.

Em transe, para além do presente, onde o movimento e as ondulações policrômicas fundam o infinito intensivo temporal, Zoroastro viu sua consciência forma-se em visões indicativas, no mesmo momento em era absorvido pela imagem mais resplandecente do momento histórico do Brasil: Lula. Em suas visões, imagens fugidias bruxuleavam intensivas em uma dança fugidia.

Um pouco atrás de Lula, Zoroastro viu Dilma Vana Rousseff envolta em névoas imagéticas procurando a todo custo aderirem a sua forma e essência. Foi então que o futuro do Brasil se configurou diante do profeta Zoroastro. E ele passou a identificar quem se encontrava na potência ética e intelectiva de Ormuz, o bem e sabedoria, e quem se encontrava sob a força do mal e da ignorância. Nesse momento, Zoroastro sorriu e começou a profetizar.

AS PROFECIAS

O presidente Lula, depois que deixar o cargo e passar a ser Lula, o metalúrgico, irá se dedicar a um breve descanso. Mas como é um homem singular, com atributos naturais, deixará logo o descanso para se engajar no que mais sabe fazer: política, no sentido filosófico do conceito transformado em práxis.

Lula vai conversar intensamente com a presidenta Dilma, e com alguns de seus ministros, mas sua práxis maior será viajar pelo Brasil afora em contato com o povo, pregando a democracia entre a juventude. Além de quê, fará muitas viagens para o exterior em conferências, ensinando como transformar um país fracassado em uma potência mundial, respeitada e invejada. Ganhará o Prêmio Nobel da Paz, fazendo com que toda a direita do país deixe o país para morar nos Estados Unidos.

Será convidado para ser presidente do Corinthians, mas não aceitará. Também, rejeitará o pedido para ser técnico da seleção brasileira. Fará parceria com Zeca Pagodinho e MV Bill, compondo canções onde o tema principal é o povo. Em suma, o ano de 2011 para Lula será a continuidade do que ele assumiu como sua existência calcada no bem e na sabedoria. Isto é, princípios que fazem os homens felizes.

A presidenta Dilma, ao assumir o cargo, nos primeiros meses do ano de 2011, terá uma maré mansa, mas logo surgirão conflitos que com coragem e inteligência ela vai resolvê-los. Como ocorreu durante os oito anos do governo Lula, seu governo será marcado pela perseguição do invejoso ódio comandado pela mídia, o que não lhe afetará, visto que aprendeu a lidar com essa ralé durante o governo Lula.

Alguns homens de organizações nazistas, e afins, ofendidos pelo Brasil ser governado por uma mulher, vão passar os quatro anos de seu governo protestando. Porém, ao chegar o fim do mandato, ao sentirem que Dilma é amada pelo povo, vão deixar o país partindo para um planeta atrás do planeta Plutão, e fundar a primeira colônia nazi-fascista só de homens interplanetária. Como não existe mulher, a colônia terá vida curta: eles vão escafeder-se.

Dilma aumentará o valor pago ao Bolsa Família e o número de famílias beneficiadas, fazendo com que seja confirmado como o maior programa do mundo em transferência de renda. Além da ampliação dos programas Minha Casa, Minha Vida. ProUni, Luz Para Todos, e criará outros programas sociais que beneficiarão mais ainda o povo brasileiro.

Para Dilma, o ano de 2011 não será apenas um ano de reconhecimento do que fazer, mas do fazer.

Quanto aos personagens dos partidos retrógrados, nada mudará. Continuarão fortalecendo suas patologias. Fernando Henrique continuará o vetusto invejoso sentado em seu trono do rancor, fragmentando-se, ressentidamente, a cada sucesso do governo Dilma. Serra continuará conspirando dentro do PSDB para ser o candidato de 2014. Aécio, conforme o costume que adquiriu no sul maravilha quando era playboyzinho nas praias do Rio, vai levar tudo na vida mansa, e Serra, aproveitar-se-á para serrar suas pretensões à Presidência da República. Arthur Neto vai fazer um curso de Moral e Cívica para disputar uma vaga na Câmara Municipal de Manaus como vereador. Agripino Maia continuará, junto com Ronaldo Caiado, fazendo calunismo social no parlamento. Essa dupla fundará um Curso de Fuxicos Políticos. O senador Itamar Franco vai tentar mudar o topete do lado de sua cabeça. O senador Álvaro Dias vai fazer parceria na Folha de São Paulo como articulista, em duas mãos, com Danuza Leão, na coluna Rancor Faz Bem para a Pele.

A mídia de mercado, mais conhecida como mídia sequelada moral e intelectivamente, vai continuar sua peregrinação de ódio contra a democracia. E novamente, como aconteceu no governo Lula, vai tomar outra porrada: Dilma vai sair incólume. Inatingível. Linda e vendendo saúde política. E, para a dor maior da mídia sequelada, a Rede Globo terá mais queda em suas audiências, e haverá uma grande migração de seus membros para outras emissoras.

Os articulistas dos tipos dos conspiradores Mainardi e Rinaldo Azevedo, do mais deprimente pasquim do Brasil, a Veja, vão continuar com suas enfermidades dermatológicas: pruridos jornalisticosmigrans. Tratável somente em ditadura, mas incurável enquanto estiverem no ambiente democrático.

Roberto Carlos comerá pelo Natal o peru da Globo, e Pelé, com sua síndrome Michael Jackson, continuará distante da causa negra, ajudando o fortalecimento da ambição branca. Ronaldo, jogador do Corinthians, vai continuar confirmando a tese do jornalista Paulo Henrique Amorim, como o único jogador obeso com mais de 30 anos que permanece em um time da primeira divisão do futebol.

O depurado federal Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, se destacará no parlamento como a personagem do ano. Ele vai mostrar entre os membros da Câmara sua capacidade de articulação que aprendeu junto com seus amigos no circo. Já o jogador Romário vai fazer o mesmo que fazia em seu final de carreira como jogador. Toda vez que tiver um projeto do governo Dilma para ser aprovado e precisar do último voto, ele vai lá e marca a favor do governo.

O Amazonas, como é um estado paralisado há décadas, assim permanecerá. Dessa forma, é um estado em que não há profecia, visto que ao contrário dos outros estados do Brasil, como o Pará por exemplo, que já teve governadora do Partido dos Trabalhadores, sua história é só tristeza, que continuará na gestão do governador eleito Omar Aziz, cuja carreira política está ligada aos reacionários governadores que lhes antecederam, Gilberto Mestrinho, Amazonino Mendes e Eduardo Braga, sem esquecer sua descendência, também, no prefeito Alfredo Nascimento.

A prova da triste continuação do desnecessário ao povo amazonense encontra-se na manifestação da escolha de seu secretariado, com a maioria ligada aos reacionários governantes, que para a mídia subserviente é chamado de cúpula. Omar, que começou sua subida na “política” amazonense no atabalhoado PC do B, que fazia protesto na década de 80, quando já não havia inimigo verde para se protestar, sendo o primeiro dos auto-cognominados de esquerda a passar de malas e cuias para o lado da direitaça, representa hoje, o que o PC do B, e a maioria do PT, representa: o ponto-imóvel da política reacionária que domina a terra amazonaniquim.

O caso é tão impressionante que daqui de cima dessa montanha é possível ver o único ponto que não se move na Terra: o Amazonas, Executivo e Legislativo.

Assim como os governos no Amazonas, a mídia continuará na sua posição deprimida, defendendo os interesses dos governantes, sem qualquer soluço que poderá mudar. Na mesma cadência espectral vão os chamados artistas. Quanto à Universidade do Amazonas, também permanecerá inane, rebuscando falsas teses para serem traçadas pelo mofo dos CDs e DVDs do carreirismo como mito de iniciação a uma morte legalizada. A classe média manauara, em sua indiferença, continuará alienada da história.

Mas para quem espera um desfecho bom para a sinceridade jurídica da insigne juíza Maria Eunice Torres do Nascimento, que cassou Amazonino Mendes antes desse ser empossado prefeito, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmará sua cassação. Dessa forma, os buracos de Manaus serão impedidos de engolir a cidade, o transporte coletivo de violentar a população, a água correrá nos canos das moradias, será criado serviço de entretenimento público e outras necessidades públicas que são obrigações do poder municipal, mas que não são cumpridas.

Minhas profecias para o ano de 2011 não acabaram. Vou decifrar outras visões, e logo profiro.

Fiquem com Aura-Mazda!

5 thoughts on “PREVISÕES DO PROFETA ZOROASTRO PARA 2011

  1. Esse Zoroastro ou Zarathrusta, é ainda lembrado e famoso. Deixou, todavia, por não ligar muito para certos incidentes transubstanciais, que para os nazi-facistas restará uma lânguida possibilidade de viajarem interestelarmente após a bem sucedida experiência em humanos daquilo que hoje faz com que dois ratos machos procriem e outros gorjeiem como pássaros, aliás, uma formidável lição da liberalidade do DEUS VIVO, que tudo permite ao livre arbítreo.

  2. Pensei que isso fosse coisa séria. Que profeta é esse? Totalmente puxassaco do governo? E esse profeta não soube -antes de profetizar, é claro – da morte do Itamar Franco? Fala sério….

  3. Volto só para responder ao ANÔNIMO. Loucrura nunca teve e jamais terá limites, graças a Deus!!! É graças a algumas loucuras que a ciência dá saltos de prinmeitra linha. Pena é o pouco aproveitamento dos sadios para o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *