PRE/AM REPRESENTA MAIS UMA VEZ CONTRA EDUARDO BRAGA NA JUSTIÇA ELEITORAL

A Procuradoria Regional Eleitoral do Estado Amazonas (PRE/AM) pediu à Justiça Eleitoral, baseada no artigo 36, §3º, da Lei 9.504/97, a condenação do ex-governador Eduardo Braga por fazer propaganda antecipada para seus candidatos ao cargo de governador, Omar Aziz, e ao cargo de vice, José Melo.

Na representação, o MPE/AM pede o pagamento de multa no valor de R$ 5 mil a R$ 25 mil, ou o equivalente ao custo da propaganda. A representação contra o ex-governador Eduardo Braga foi baseada em uma entrevista concedida à Rádio CBN no dia 27, quando o governador não poupou elogios aos seus dois candidatos, pedindo aos eleitores que votem neles para que a política adotada por Braga continue. Para a PRE/AM fica claro nas falas do ex-governador o crime de campanha antecipada, visto que a propaganda foi realizada antes da data determinada pela Justiça Eleitoral.

Para tirar as dúvidas se houve ou não propaganda antecipada, leia um trecho de sua fala.

Braga: “Temos o direito de postular ao povo, humildemente, a condição de poder continuar o que nós estamos fazendo, e assim, dito isto, eu quero desde já dizer que eu trabalho, torço, apoio, e espero que esse projeto continue com Omar candidato ao governo, para que nós possamos, se Deus quiser, e o povo permitir, continuar trabalhando pelo nosso povo.”

1 thought on “PRE/AM REPRESENTA MAIS UMA VEZ CONTRA EDUARDO BRAGA NA JUSTIÇA ELEITORAL

  1. Se o Presidente da República da o exemplo…pq não pode fazer o governador? Vamos promover a campanha para o fim do TSE, TRE e de quebra, pra ficar bom, o TCU e TCE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *