MUJICA, AOS 74 ANOS, É OUTRO PRESIDENTE DA ESQUERDA NO URUGUAI

Mujica
Foto: Iván Franco/EFE

No domingo, no Uruguai, o ex-guerrilheiro Tupamaro, José “Pepe” Mujica, de 74 anos, foi eleito o novo presidente do país. Com sua eleição, fica confirmado o segundo governo de esquerda no Uruguai.

Mujica é um homem com o talento do lutador das liberdades sociais. Militante desde a década de 60 contra as perversas entreguistas oligarquias uruguaias, foi por várias vezes preso e cruelmente torturado pelos inimigos da democracia. Nos períodos mais violentos que passou, o continente sul-americano era tido e exibido como o maior líder da esquerda revolucionária do cone sul. Com o transcurso da história política do continente, Mujica passou a ter outras formas de combate até se tornar articulador político do Movimento de Participação Popular.

Diante dos resultados das eleições disputadas em dois turnos, que lhe conferiram duas vitórias, Mujica afirmou que não há vitoriosos nem vencidos. Prova de sua vocação para compor forças para uma vivência democrática capaz de elevar o Uruguai à posição de uma grande potência no continente sul-americano. Uma potência latina americana.

Sua vitória é mais uma confirmação de que o mundo pretende outras formas de experiências políticas que fujam aos velhos modelos reacionários que predominaram durante séculos, principalmente, no mundo ocidental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *