MANAUS: UM PASSEIO PELA NÃO-CIDADE

VITÓRIA DOS ESTUDANTES CONTRA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DA UEA

Conforme acompanhamos aqui neste Bloguinho e na coluna ‘Manaus: um passeio pela não-cidade’, os estudantes do curso Normal Superior da UEA vêm travando uma batalha para usufruir do direito à complementação do curso Normal Superior para Pedagogia, conforme a resolução CNE/CP No 1, de 15 de Maio de 2006, do MEC.

Quem acompanhou os acontecimentos pôde perceber que os estudantes que mais se envolveram nesta luta pela cidadania foram os que não estavam engajados em nenhum movimento estudantil organizado. Ao contrário, estes movimentos pouco fizeram para que esta complementação entrasse na pauta da universidade.

Também a própria instituição sustentou uma série de entraves, e foi necessário que os estudantes se manifestassem, falassem e exigissem pelo diálogo os direitos adquiridos.

Pois bem, na última quinta-feira, dia 24, em reunião do Conselho Universitário da UEA, foi aprovado por unanimidade o Projeto Pedagógico do Curso. Nele, está incluso o direito aos atuais estudantes do Normal Superior em migrar para Pedagogia, apenas “pagando” as disciplinas necessárias à adaptação. Aos que já concluíram, pode ser feita a habilitação para a Pedagogia, sem no entanto adquirirem a graduação na área.

Fontes intempestivas informaram a esta coluna, no entanto, que nenhuma menção foi feita durante a reunião em relação à luta dos estudantes, e que – como quase sempre – a instituição quer produzir a ilusão de que partiu dela a iniciativa para que a migração ocorresse.

Fica aqui, portanto, documentado e publicado, as notícias, informes, análises da luta destes estudantes por um direito garantido no nível federal, mas quase cassado pela instância estadual.

UEA: INSTITUCIONALIZAÇÃO E MOBILIZAÇÃO ESTUDANTIL

FALTA DE DIÁLOGO E AMEAÇAS A ESTUDANTES NA UEA

DA AUSÊNCIA DE DIÁLOGO NA UEA

Colabore com a coluna Manaus: um passeio pela não-cidade, e enfraqueça os blocos de afetos e percepções clichezadas que impedem o engendramento das comunalidades. Mande sua sugestão de tema para afinsophiaitin@yahoo.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *