Enquanto as obras estão paralisadas na ex-rua Rio Jaú, do bairro Novo Aleixo, Zona Leste de Manaus.

1x1.trans - E POSEIDON VAI CHEGANDO INTEMPESTIVO...

Conforme acompanhado por este bloguinho, através do projeto Oceano Poseidon, tudo indica que o projeto de ligar a rua ao mar, de transformá-la em mar, será bem sucedido. A Prefeitura de Manaus está cooperando como pode: não realizando a obra de reconstrução da rua que nunca foi rua. (Quantas “ruas” de Manaus podem verdadeiramente ser chamadas de rua? Questões para geofilósofos manoniquins). Façamos um feedback a partir de uma postagem de abril, para que se perceba a evolução do Projeto Poseidon:

A rua não existe mais, se é que existiu. Os moradores se reuniram, dialogaram, fizeram abaixo-assinado, foram até a SEMOSBH no início de 2006. O sub-secretário à época visitou a rua e viu que seria necessário construí-la por inteiro. Por estarem num período chuvoso, como agora, prometeu que “quando chegasse o verão”, aí por maio de 2006, isso seria realizado… Em junho os moradores voltaram lá, em julho também… Uma secretária do sub-secretário, que então já era outro, disse-lhes que não estavam a par da situação, e que agora iriam tomar providências. Passaram-se meses. Os moradores não apelaram para os sensacionalistas programas de televisão por entenderem obviamente que estes apenas lucram com a miséria da população e a jogatina dos que apenas pretendem instituir a ausência de alternância política no revezamento dos mesmos representantes. Não desanimaram. Em fevereiro de 2007 a SEMOSBH começou a construção da rua. Se a sarjeta era mal construída, se não estavam colocando esgotos, ao menos estavam pondo aquele asfaltamento “papelim”. Mas foram construídos apenas uns 30m e a SEMOSBH foi embora nem Deus sabe pra onde…

1x1.trans - E POSEIDON VAI CHEGANDO INTEMPESTIVO...

O trecho construído foi o da foto acima. Passados poucos meses, vejam-se as condições atuais para que se percebam pelas imagens a qualidade das obras públicas em Manaus, neste trecho aí nenhum metro de esgoto foi colocado.

Depois disso, depois de batalhas por telefone travadas entre moradores da ex-rua Rio Jaú com funcionários da SEMOSBH e Distritos de Obras, depois de várias tentativas individuais de contactar o primo do compadre da tia de algum parlamentar, algum secretário, vereador, prefeito, foi que os moradores, juntamente com a Afin, resolveram criar o Poseidon. Mas eis que pelo final de outubro passado apareceu uma empresa para colocar os tubos de esgoto pluvial (do esgoto doméstico nem se fala).

OBS: O trecho da foto acima não foi contemplado com a rede de esgoto, pois já havia sido dado oficialmente como concluído.

A conversa que se espalhou pela ex-rua era a de que, chegando na esquina do primeiro quarteirão, o asfaltamento já iria sendo posto por outra empresa. Tudo seria rápido e com qualidade. Mas já fazem duas semanas que a rede de esgoto foi concluída (pelo menos até onde constava no contrato oficial, excluindo-se o trecho da foto acima) e nenhum metro de asfalto foi posto, nenhuma polegada. Em compensação, olha em que condições ficou a ex-rua.

1x1.trans - E POSEIDON VAI CHEGANDO INTEMPESTIVO...

Na ex-rua, alguns dizem que a empresa que ia asfaltar a rua foi enviada para outra obra. Qual seria a importância dessa outra obra em relação à da Rio Jaú? A cidade não é vista como um todo? Outros dizem que a obra foi embargada pelo PROSAMIN, que está fazendo desapropriação em área do Igarapé do 40 que passa próximo ao final dessa ex-rua. Tudo boato? Mas o fato é que o caminhão de entregas de mercadoria já não vai mais até a Mercearia Silva, que fica pelo meio da ex-rua; o caminhão de lixo, que já não passava, agora é que não passará mesmo; os esgotos já começam a ser entupidos com a lama (depois a população é que é a culpada). Agora que o período chuvoso se inicia, as obras terão continuidade? Ou novamente a conversa vai para o próximo verão? A conversa, não, diz um morador. A conversa é agora mesmo e é sobre as eleições do ano que vem.

1x1.trans - E POSEIDON VAI CHEGANDO INTEMPESTIVO...

É por essas e outras ações governamentais praticadas na cidade de Manaus que quando um morador da ex-rua Rio Jaú afirmou que sentiu um tremor de terra durante a chuvarada de ontem falamos a ele para não se assustar: é Poseidon que vai chegando, acompanhado da Boiúna e Senhor Rei do Mar. É por isso que o garoto Davisinho, de 1 ano de idade, quando viu a ex-rua inundada, apontando, falou: olha o mar! Olha o mar! As crianças são sábias, já dizia Jesus Cristo. Já estes governos…

1x1.trans - E POSEIDON VAI CHEGANDO INTEMPESTIVO...