1x1.trans - A GLOBO E AS ILUSÕES PERCEPTIVAS

A IMAGEM. Apenas os decalques da manipulação e a teratogenia do flash sucessivo, tentando capturar o olhar a partir do enviscamento meu bem aprisionador. Não veja e libere sua percepção para novas imagens.

O SOM. A ecolalia do enunciado tentando consolidar o imperativo categórico do signo significante autoritário, que pretende a universalização, a partir da palavra de ordem, da verdade despótica. Não ouça e permita a construção de outros ritornelos existenciais pulsantes.

A REPETIÇÃO. A destituição do sujeito de enunciação e sua singularidade, tornando-o sujeito de enunciado, apenas repetidor do texto constituído. Não faça propaganda, transportando o texto constituído; direcione os dizeres e a práxis para a coletividade democrática.

Macacos me mordam se eu ainda ligar na Tv Globo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *